segunda-feira, 18 de março de 2013

Página Vazia




Me peguei lembrando de há alguns meses atrás, onde eu me sentia tão cheia de palavras, uma página escrita, que transbordava inspiração e emoção e aquecia à meu próprio coração. Hoje, quando voltei a me encarar, ainda vi a uma página, porém opaca, vazia e sem graça, com um  amassado ali, um rabiscado aqui. Talvez eu já venha me sentindo há algum tempo assim, talvez não seja de hoje. E embora, eu tente recomeçar, com palavras novas, frases inovadoras, me pego pensando que o texto nunca mais será como antes, rimará daquela forma que tanto me agradava.

Me pego insegura quanto a escolha de palavras, precisão de vírgulas e pontuação. Logo eu, que dia pensei ser tão fiel a razão. Sinto fata de como fluía, e a escrita naturalmente corria. 

Como aspirante à escritora que sou, me resta ir buscando novos caminhos, novos parágrafos....continuar rabiscando, nunca parar, e aceitar que uma história, jamais será escrita da mesma forma, com as mesmas palavras e intensidade que já fora um dia.


Por Lis Selwyn
(18/03/2013)

3 comentários:

  1. Hey! Sabia que sua página vazia é a oportunidade perfeita para começar de novo? Sem preconceitos, manhas, manias, prés e contras de qualquer espécie?

    E você me supreende de novo.

    "(...)continuar rabiscando, nunca parar, e aceitar que uma história, jamais será escrita da mesma forma, com as mesmas palavras e intensidade que já fora um dia."

    SIM. =) E porque não aceitar que essa história tem a sua própria e singular intensidade? Diferente em ti e nos outros. E é bom, porque tu não te tornas repetitiva. É maravilhoso. Assim como o que escreves, é único.

    GO ON girl ! ;)

    ResponderExcluir
  2. Olhaaaa, a senhorita por aqui *_* não é que você tá acompanhando o blog mesmo?! rsrs Uhrummm...tá certa sim, isso foi reflexo da quase madrugada da minha tarde deprê de ontem u_U rsrs, mas é isso....continuamos a "escrever", mesmo que no início sejam palavras desconexas, em linhas tortas e sem sentido rsrs. Falou tudo....tudo mesmO! Obrigada pelo apoio também aqui! *_* beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Nunca deixa de escrever, não jogue fora os rabiscos. Não precisa publicar se não gostar, mas guarde-os. Hoje pode não agradar, amanhã pode servir de inspiração para outro escrito.
    E olha só: A tua falta de inspiração resultou em um belo texto.

    ResponderExcluir