terça-feira, 8 de julho de 2014

Perfume




Perfume


Seu perfume ainda paira no ar,
Como não te amar?

Doce como a tua alma,
Teus beijos, tua fala.

Seu abraço ainda sinto comigo,
Seu carinho e seu sorriso.

Seu perfume traz nossas lembranças,
Nossas vidas e esperanças.

Tu aqui pareces estar,
Ao meu lado a sonhar.

Deitada na cama recordo-me,
De nossas horas durante à tarde

Nossos dedos se entrelaçam
Com o mesmo laço, o mesmo elo
Que outrora nossas almas já criaram.


Por Lis Selwyn
(25/06/2014)

Nenhum comentário:

Postar um comentário