sábado, 12 de julho de 2014

Vem, meu amor!




Vem, meu amor!


Vem, meu amor!


Chega de saudade,
Chega de distância.

Vamos ser feliz,
Criar juntas nossa raiz.


Vem, meu amor!


Vamos sonhar,
Com lugares para viajar,
Com nossa casa para morar
E nosso amor até a lua no céu brilhar.


Vem, meu amor!


É com você que eu quero sempre estar,
O universo e o infinito poder compartilhar
E em um altar,
Uma aliança em seu anelar poder colocar.


Vem, meu amor?!


Por Lis Selwyn
12/07/2014

Um comentário:

  1. Arrasou!!
    Claro, sou suspeita pra falar de uma das minhas escritoras favoritas da vida, mas achei muito delicado e real o poema.
    A inspiração sei até quem foi kkkk
    Shippo forte.
    Parabéns pelo talento.
    Bjs

    ResponderExcluir